Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bibliotecas Escolares de Alcochete

"Juntos aprendemos mais"

Bibliotecas Escolares de Alcochete

"Juntos aprendemos mais"

O livro de Cesário Verde

 

Cesário Verde nasceu em Lisboa, a 25 de fevereiro de 1855 e faleceu a 19 de julho de 1866. 

No seu estilo delicado, Cesário empregou técnicas inpressionistas, com extrema sensibilidade ao retratar a cidade e o campo, que são os seus cenários predilectos. Evitou o lirismo tradicional, expressando-se de uma forma mais natural. 

A observação das situações do quotidiano é o ponto de partida preferencial para os poemas de Cesário Verde. É o mundo real, rotineiro, que é retratado e analisado, servindo de suporte às ideias e sentimentos do poeta.

Os sujeitos poéticos criados por Cesário Verde são atentos ao que se passa. Aquilo que para outro transeunte seria uma banalidade é, na perspectiva do poeta, parte de um quadro do real.  (in Wikipédia).

"Ao contrário da prosa de Eça, de Ramalho ou de Camilo, a sua poesia ...é de tal forma revolucionária que parece vir de outro planeta. As circunstâncias históricas e pessoais são incapazes de explicar a sua voz: é isso que o torna genial."

Maria Filomena Mónica

https://ensina.rtp.pt/artigo/o-livro-de-cesario-verde/

Fonte: RTP Ensina

Conteúdos Relacionados:

https://www.escritas.org/pt/cesario-verde

http://alfarrabio.di.uminho.pt

https://pt.slideshare.net/tonia.m/cesrio-verde

 

 

 

 

Luis Sepúlveda (Ovalle, 4 de outubro de 1949 – Oviedo, 16 de abril de 2020)

 

A melhor homenagem que podemos fazer a um escritor é ler os seus livros!

luis sepulveda.jpg

Segue, abaixo, a lista das suas obras:

- Cronicas de Pedro Nadie (1969)

- O Velho que lia Romances de Amor - no original Un viejo que leía novelas de amor (1989)

- Nome de Toureiro - no original Nombre de torero (1994)

- Patagónia Express - no original Patagonia Express (1995)

- Mundo do Fim do Mundo - no original Mundo del fin del mundo (1992)

- Encontro de Amor num País em Guerra - no original Desencuentros, cuentos (1997)

- Diário de um Killer Sentimental - no original Diario de un killer sentimental & Yacaré (1998)

- As Rosas de Atacama - no original Historias marginales (2000)

- O General e o Juíz - no original La locura de Pinochet (2002)

- O poder dos sonhos - no original El poder de los sueños (2004)

- Os piores contos dos Irmãos Grim em co-autoria com o escritor uruguaio Mario Delgado Aparaín - no original Los peores cuentos de los Hermanos Grimm (2004)

- Uma História Suja (2004)

- História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar - no original Historia de una gaviota y el gato que le enseñó a volar (2008)

- A Lâmpada de Aladino - no original La lámpara de Aladino (2008).

- A sombra do que fomos - no original La sombra de lo que fuimos (2009)

- Crónicas do Sul - no original Últimas noticias del Sur (2011)

- História de um gato e de um rato que se tornaram amigos - no original Historia de Max, de Mix y de Mex (2012)

- História do caracol que descobriu a importância da lentidão - no original Historia de un caracol que descubrió la importancia de la lentitud (2013)

- Uma ideia de felicidade - no original Una Idea de la Felicidad (com Carlo Petrini) (2014)

- A venturosa história do Usbeque mudo - no original El Uzbeko Mudo (2015)

- História de um cão chamado Leal - no original Historia de un Perro llamado Leal (2015)

- O fim da história - no original El Fin de la Historia (2016)

17 websites onde podes descarregar gratuitamente ebooks em português

livros.jpeg

O Projeto Adamastor.org refere que em tempos de isolamento social, o papel da tecnologia no acesso à cultura torna-se ainda mais relevante. Nesse sentido, apresenta 17 websites que disponibilizam, gratuitamente, livros e periódicos em formato digital:

http://projectoadamastor.org/17-websites-onde-pode-descarregar-gratuitamente-ebooks-em-portugues/

Para mais informação sobre este projeto e sobre o que disponibiliza visitem o site:

http://projectoadamastor.org/

Boas leituras!

Testamento da língua portuguesa

lingua_portuguesa.jpg

 

"A língua que falas e escreves é uma árvore de sons que tem nos ramos as letras, nas folhas os acentos e nos frutos o sentido de cada coisa que dizes." (…) José Jorge Letria. A Língua Portuguesa é usada por cerca de 230 milhões de falantes, sendo assim a oitava mais falada no mundo, e está presente em quatro continentes. O português é a língua oficial do Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e, claro, Portugal. É hoje a segunda língua de alguns países da África, da América, além de Macau e Goa. A língua portuguesa é o ponto de encontro destes povos que partilham palavras e sentimentos que são únicos da lusofonia e que poetas e escritores imortalizaram. Desde 1986, o português é uma das línguas oficiais da União Europeia. Em 1996, com a criação da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa), pretendeu-se aumentar a cooperação entre estes países com o intuito de criar parcerias e difundir a língua. Tentemos, também, nos tempos que correm, fazer com que as línguas sejam mais um elo entre todos os continentes, de modo a vencermos mais uma batalha que nos convida a um olhar mais atento sobre “o outro”. Um vídeo muito interessante que mostra a força da Língua Portuguesa…

https://youtu.be/brS8mZIYjSU

Contactos

Email: be.aealcochete@sapo.pt